Oficina do Saber

Compartilhando experiências & construindo conhecimentos

Redação do Site Inovação Tecnológica –  20/08/2015

Os usuários "abanam" os cursores 3D como se eles fossem redes de pegar borboletas. [Imagem: Hybridlab, Université de Montréal]

Os usuários “abanam” os cursores 3D como se eles fossem redes de pegar borboletas. [Imagem: Hybridlab, Université de Montréal]

Cursor 3D:

Pesquisadores da Universidade de Montreal, no Canadá, desenvolveram uma técnica que permite que os cursores de computador interajam em ambientes 3D, tanto locais quanto em sistemas colaborativos multiusuários.

Hoje, para manipular um objeto 3D na tela, o usuário tangencia o objeto no plano 2D de sua tela para fazê-lo rodar e, então, alcançar a porção a ser manipulada. O novo cursor 3D “mergulha” na cena, tornando-se parte integrante do ambiente tridimensional.

“Nossa nova tecnologia questiona a noção do que é um cursor e o que ele faz. O cursor se torna um plano de desenho e de controle,” disse o professor Tomás Dorta.

A demonstração do sistema, feita durante a conferência SIGGRAPH 2015, usa um tablet para controlar o cursor 3D, mas a equipe afirma que ele não necessariamente precisa de um aparelho externo para controlar o movimento do usuário.

“Nós usamos uma analogia com uma rede de borboletas para explicar como o cursor seleciona os objetos no espaço – os usuários simplesmente ‘abanam’ os cursores 3D. Para manipular os objetos, os usuários podem usar gestos e movimentos, tais como beliscar ou apontar,” disse o professor Dorta.

Processo criativo:

O sistema foi demonstrado dentro de uma caverna digital, um ambiente imersivo no qual as imagens são resultado de uma ilusão óptica criada por um projetor de alta resolução, uma tela côncava de tecido e um domo espelhado, que pega a imagem do projetor e a joga na tela hemisférica.

“Além de sua utilidade para esboçar rascunhos, acreditamos que o cursor 3D tem aplicações em uma ampla gama de campos, tais como projetos arquitetônicos, imagens médicas e, claro, jogos de computador. Isto não é apenas um renascimento chamativo do cursor, é sobre repensar como os humanos interagem com os computadores como parte do processo criativo,” disse Dorta.

 

 

Bibliografia:3D cursor: unfolding a natural interaction model for remote and local co-design in VR.
Tomas Dorta, Gokce Kinayoglu, Michael Hoffmann
SIGGRAPH 2015 Proceedings
Vol.: 43, 1 pages
DOI: 10.1145/2785585.2785586
http://doi.acm.org/10.1145/2785585.2785586

Categories: Ciência, Tecnologia

Comentários estão encerrados.