Oficina do Saber

Compartilhando experiências & construindo conhecimentos

link {http://olhardigital.uol.com.br/video/conheca-o-novo-rg-digital-de-sp/40594}

 

Chegou a vez de São Paulo; depois do Rio de Janeiro, agora são os paulistanos que terão também uma nova carteira de identidade digitalizada. O modelo promete ser mais econômico e seguro que o atual e, entre as novidades, o destaque fica no código bidimensional impresso na parte de trás do documento.

O processo de coleta das impressões digitais e assinatura é 100% digital e leva poucos minutos para ser executado. Os dados biométricos do cidadão são guardados digitalmente em um banco de dados do governo do Estado. A novidade garante que cada pessoa tenha um único documento baseado na sua biometria.

Os RGs emitidos no novo formato são impressos em papel especial, com película protetora e borda diferenciada. Além disso, o número do documento aparece em vermelho e negrito, para facilitar a visualização. A foto e a impressão digital são mais nítidas do que no modelo antigo também. Mas a grande novidade está na parte de trás. Os dois códigos bidimensionais, similares aos QR Codes, trazem informações da cédula como número, data de emissão, nascimento, nome, nome do pai e da mãe, naturalidade e até validade.

Um segundo QR Code impresso no RG dá acesso instantâneo à foto do indivíduo, que é armazenada na nuvem para consulta imediata. Tudo é criptografado, o que garante uma segurança ainda maior para o cidadão. O código só é lido por um aplicativo específico, que será usado por qualquer autoridade quando necessário. A precisão dos códigos bidimensionais é acima dos 99%.

No Rio de Janeiro, nove milhões de pessoas já possuem um RG mais moderno. Em São Paulo, a expectativa é que até o fim de 2014 o novo sistema esteja implantado em todos os postos do Estado. Em dois anos, a estimativa é de que as impressões digitais de 20 milhões de pessoas estejam cadastradas.

Comentários estão encerrados.